quinta-feira, 3 de março de 2011

Como saber se sou médium?


A mediunidade é a capacidade que algumas pessoas têm de servir de intermediárias entre o plano espiritual e o plano material. A mediunidade apresenta-se de diversas maneiras e com muitas intensidades diferentes. Há pessoas que apenas escutam os espíritos, outros apenas vêem, outros ainda ficam sabendo o que vai acontecer através de sonhos, e assim, sucessivamente.
Mas, se a mediunidade se apresenta de maneiras tão diversas, em contrapartida possui apenas uma finalidade: Servir de instrumento para o auxílio do próximo. Neste artigo, relacionamos dúvidas mais comuns acerca da mediunidade, numa tentativa de responder às indagações que achamos mais comuns ou mais importantes a serem esclarecidas.
1) Eu vejo vultos e ouço vozes. Sou médium? 
Não necessariamente. Muitas vezes estamos passando por processos obsessivos, ou seja, estamos tendo o nosso campo mental bombardeado por mensagens de ódio enviadas por algum espírito com o qual temos algum tipo de débito do passado. Nessas situações, é muito comum a pessoa depois de algum tempo, de tanto ter aquele espírito próximo a ele, começar a assimilar as suas vibrações e, assim, até mesmo começar a percebê-lo com mais intensidade. Em casos assim, devemos procurar um centro espírita bem orientado e fazer um tratamento espiritual de desobsessão. Uma vez que a terapia de desobsessão tenha sido realizada com sucesso, oque mais ocorre é que a pessoa deixa de ter esses eventos ‘mediúnicos’, o que deixa claro que ela não era médium e sim ‘estava’ médium, em função de uma determinada circunstância
Entretanto, se após o tratamento ter sido concluído com êxito, os fenômenos continuarem, então devemos buscar o Estudo Sistematizado da Mediunidade, que trata-se de um curso oferecido gratuitamente na casa espírita, para que possamos lidar melhor com a nossa mediunidade. Portanto, para que consideremos que a pessoa é dotada de mediunidade, é necessário que os fenômenos sejam persistentes, ou seja, que ocorram com determinada frequência e ao longo de um determinado tempo, e não sejam algo esporádico, circunstacial.

 LEIA MAIS, clicando na frase abaixo.

2) Fui em um centro espírita porque estavam ocorrendo alguns fenômenos espirituais comigo. Lá chegando disseram que eu deveria desenvolver a minha mediunidade. Isso está certo? 
Não. De forma alguma. Como esclarecemos em um artigo anterior, infelizmente, há pessoas que fazem parte de uma casa espírita mas não estudam e, por isso, acabam falando coisas sem lógica.
Primeiro, ninguém desenvolve a mediunidade. Em um centro espírita, há cursos específicos para que as pessoas eduquem a sua mediunidade. O objetivo é ensinar as pessoas a lidarem com a mediunidade que possuem, de forma equilibrada e harmônica. Desenvolver a mediunidade significaria dizer que a pessoa aumentaria a sua capacidade mediúnica, o que não ocorre. O que ocorre é que a pessoa aumenta a sua habilidade em lidar com os fenômenos, e isso faz uma enorme diferença.
Em segundo lugar, o prudente é fazer um tratamento espiritual e, somente depois, persistindo os eventos, devemos iniciar os estudos e, após eles, a prática na casa espírita.
3) Porque alguns médiuns espíritas cobram para atender e outros não?
Para responder, precisamos esclarecer os termos.
Médium é qualquer pessoa que possui a capacidade de comunicar-se com os espírito, tenha esta pessoa religião ou não. Já o Médium Espírita é o médium que professa os postulados espíritas. A diferença parece pequena mas, na verdade, é gigantesca!
A maior delas é quanto á conduta moral. Um médium espírita jamais cobraria para ajudar as pessoas. Nem tampouco ficaria alardeando aos quatro ventos que estaria fazendo atendimentos. Isso se justifica pelo fato de os espíritos se comunicarem quando querem e não quando nós queremos. Como dizia Chico Xavier: “O telefone só toca de lá para cá…”
A mediunidade para os espíritas é alvo de muito respeito e partilhamos dos ensinamentos de Jesus quando orientava a ” Dar de graça o que de graça recebemos.”
sso tudo não impede que muitos charlatães se apresentem, justamente como se espíritas fossem, seja para melhor enganar suas vítimas, seja para transmitir um ar de respeitabilidade.
4) Eu fui atendida por uma médium vidente que acertou coisas da minha vida e depois fez previsões do meu futuro. Ela também não me cobrou a consulta, pediu apenas que desse uma contribuiçãozinha… Devo acreditar nela? 
Eu não acreditaria. Muitas pessoas ficam impressionadas porque a vidente, cartomante, sensitiva ou seja lá como se autodenomine, acertou coisas da sua vida. Isso não significa muita coisa. E explicamos o motivo: ocorre que muitas dessas pessoas têm realmente mediunidade, ou seja, elas realmente têm capacidade de se comunicar com os espíritos. Mas como fazem da mediunidade um meio de vida, nenhum, repito, nenhum espírito sério irá trabalhar com ela. Ora, se ninguém honesto irá estar ao seu lado, o que ocorrerá é que os espíritos maus ocuparão esse lugar. E dessa forma, quando a pessoa chega para ser atendida, o espírito irresponsável que está ao lado da médium simplesmente relata o que vê. Basta que esse espírito observe as imagens que trazemos impressas em nosso perispírito, em nosso corpo espiritual. O médium então transmite para a pessoa aquelas informações… que fica impressionada! Simples, não?
Depois que a pessoa ficou impressionada com a capacidade da vidente, facilmente passará a acreditar em qualquer coisa que ela lhe diga. E, aí, como nem ela, nem tampouco os espíritos inferiores que a cercam, tem capacidade de prever o futuro, tudo que será dito será puro lixo.
Quanto ao fato de não cobrar pela consulta, mas ‘apenas pedir uma contribuiçãozinha’ trata-se apenas de um truque de marketing, já que uma consulente crédula tenderá a ser muito grata e, assim, acabará contribuindo mais do que o valor que ela estipularia pela ‘consulta’.
O alerta que fazemos é que muitas vezes nossos obsessores espirituais (e quase todos nós os temos), aproveitam-se dessa situação para sugerir idéias venenosas ao médium, que a retransmitirá à pessoa crédula.
Conhecemos mais de um caso assim, entre eles o de uma jovem que foi levada a crer que seu esposo a traía, o que causou inúmeros sofrimentos ao casal como um todo e ao marido em particular, que jamais tivera tal comportamento…
5) O médium é uma pessoa especial? 
Não. O médium é uma pessoa como qualquer outra. O que fará o médium uma pessoa especial é a mesma coisa que faz qualquer outra pessoa especial: A sua transformação moral e o esforço que emprega em domar as suas mas inclinações.
6) Devemos acreditar em tudo que os espíritos dizem? 
Não. Da mesma forma que não devemos acreditar em tudo que qualquer pessoa nos diz, assim devemos proceder com os médiuns e, principalmente, com os espíritos.
Os médiuns cometem erros como qualquer humano, pois o são igualmente (mesmo que algumas pessoas acreditem que médiuns são seres diferentes de nós…).
Da mesma forma, os espíritos erram. Erram por serem justamente iguais a nós, ou seja, os espíritos nada mais são do que nós mesmos com a única diferença de que eles não têm mais corpo físico. Mas isso não muda em quase nada a sua maneira de pensar nem tampouco os tornam seres iluminados do dia para a noite.
Devemos agir sempre com respeito em relação ao que nos dizem os espíritos, mas sempre submetendo suas informações ao crivo e á lógica espírita. Caso sejam aprovadas, ótimo. Do contrário, basta desprezar tais informações.
6) Devo acender velas para atrair meu guia espiritual? 
Se seu guia precisar de vela para achar você, melhor procurar outro…
Brincadeiras á parte, o que queremos dizer é que nenhum espírito se sentirá atraído por amuletos e rituais. Eles se aproximarão de nós pela prece e por nossa conduta moral. Velas, amuletos, banhos, cheiros, ervas, incensos e tudo o mais são criações infantis de uma humanidade ainda presa ao ritualismo exterior, incapazes de compreender que o universo é energia e o maior dínamo gerador de energias é justamente o coração humano quando ama, quando ampara, quando auxilia, quando pratica os ensinamentos do nosso Mestre Jesus.
Caso você tenha alguma dúvida, deixe seu comentário no blog de Ylen Asor que será atendido.

56 comentários:

Lícia Marins disse...

Olá!
Conheci seu blog agora, navegando pela Net e gostei muito! Suas idéias são condizentes com as minhas. Parabéns!

Anônimo disse...

Ola sou Luiz Gustavao dos SAntos!
LI sua pagina compriendi algo que eu não sabia mas tenho uma duvida:
Os espiritos podem afetar as pessoas com algum sintoma tipo dores tontura ou algo do tipo?

ariana disse...

Sou voluntaria em um Centro Espirita, mas nao sou medium, posso aflorar isso? ou quem nao é medium nao fica medium quando encarnado? Queria ser muito, pq na minha cabeça poderia ajudar muito mais as pessoas tendo esses sentidos.. ate ja pensei em nao ir mais, acho ate que estao agindo com egoismo, pq o que eu vou fazer em um Centro se nao ou medium?
Abraços, e por favor me ajude com essa duvida.

Eva-RN disse...

Ariana, procure ler o Livro dos Mediuns, de Alan Kardec. Nele encontrará tudo que precisa saber sobre mediunidade

Eva-RN disse...

António,

Oa espíritos obsessores podem provocar determinados efeitos na pessoa que está sob a influência dele. Procure ler O Livro dos Mediuns, de Alan Kardec, para compreender melhor essa questão.

Eva-RN disse...

Lúcia Marins, obrigada pelo apoio ao blog. Seja bem vinda.

Rejane disse...

Amigos ja tive sonhos q pude provar q falei com meu sogro ja falecido pois o q ele pediu para ir verificar era realmente o q estava acontecendo ,tbm ja tive sonhos q me diziam o q iria acontecer mais na hora eu não conseguia interpretar e depois do acontecimento é q eu conseguia entender,gostaria d saber c o fato d meu pai e minha avó no passado quando eu era ainda criança ja terem recebido espiritos tipo arranca toco q é o q lembro vagamente tem alguma coisa a ver com estas premunições pois minha irma tbm tem este mesmo problema ,somos evangelicas e nossa fé é unicamente do bem ,...o q fazer?Como lidar com isto?

Zenóbia Collares Moreira disse...

REJANE, a premonição é um tipo de mediunidade. Sua irmã e você não herdaram essa faculdade de seus familiares, pois mediunidade não é transmissível. Nada há a fazer para livrar-se de ter premonições, pois não depende de sua vontade. Sei que o fenômeno incomoda, porque já tive algumas ao longo da vida, mas muito raramente. se você não fosse evangélica, eu aconselharia procurar um centro espírita para ser orientada sobre a forma de lidar com isto.

Gleyson disse...

Olá Eva!!! Navegando pela internet, conheci teu blog. Parabéns por ele! Bom o que vou relatar não sei se é um chamado ou obcessão da minha mente, mas vamos lá! Nunca fui vidrado em espiritismo, sempre condenei para ser sincero...Há exatamente um ano atrás meu avô faleceu. Do nada meus olhos se voltaram para o mundo espírita, lendo livros e mais livros sobre o assunto, tentando entender como tudo acontece. Queria que você me desse uma luz sobre isso que descrevi resumidamente! Agradeço desde já.
Obs: Não sei se te ajuda mais já tive sonhos onde pessoas falecidas da minha família me mandaram dar recados aos outros e outros acontecimentos também!

Anônimo disse...

oii..Sou a Letícia e tenho 17 anos,conheci este blog agora..e gostei do q foi "dito"... sei muito bem q médiuns de verdade e de boa fé, jamais cobrariam e nem ficariam divulgando o seu dom (chamei de dom, pq não sei o nome realmente, mas deve ser um dom), bom tenho uma pergunta sim: será que porfavor pode me indicar um centro espirita Kardecista confiável, perto da cidade onde eu moro (guarulhos), preciso saber se realmente sou medium, ando sentindo umas sensações estranhas desde q comecei a trabalhar, ouço coisas e vejo coisas (não nitidamente), sei q existe pelo menos três tipos de mediunss(não me lembro muito bem), preciso saber qual tipo eu sou ^^..me desejem sorte, quero muito ser uma medium e ajudar as pessoas.
OBRIGADA

jucelia Araujo disse...

olá Eva! navegando na net, encontrei seu blog,e gostei do que vi.tenho certeza que a senhora podi tirar a minha duvida! ja procurei saber com medium si realmente as coisas que eu sinto tem a vê com mediunidade. tenho 19 anos, mais o menos aos 13 que realmente tudo começo!sinto muitos arrepios na perna, sem ter motivo p tau coisa, ja entrei em "tranzi" nao sei si é bem o nome que si podi usar, nao consiguia me mover nem mesmo falar... foi uma sensação horrivel, mais hoje em dia nao aconteci mais, quando começa, eu tento me consentrar para que nao aconteça. preciso muito saber oq é isso, e como usar isso! nao tenho vontade de freguentar sempre uma casa espirita, mais sim de saber lidar com o que tenho. agradeço sua atenção, e peço que me ajude! obrigada.

Anônimo disse...

Oi Dês de os meus 7 anos de idade,vejo pessoas que não fazem mais parte desse mundo,elas aparecem como pessoas comuns e de repente desaparecem na minha frente,ou escuto só vozes e alguns já até me tocaram,teve uma vez que apenas ouvi uma voz pedindo socorro,as vezes penso estar louca,mais sei que não!Tenho sonhos que no dia seguinte se concretizam...Domingo,eu estava na casa de minha amiga,e lá antes era um centro de Umbanda,na madrugada de repente eu ainda acordada porque sofro de insônia um espirito começou a andar sobre a cama e fazia barulho de passos nela,mais eu não via o espirito,ai eu o assustei ele saiu,depois de umas meia hora ele começou a puxar a cobertor sobre meus pé,eu novamente os assustei,mais meia hora se passou e uma Luz branca como um fleche começou a piscar em minha direção,minha amiga acordou na hora e viu e perguntou oque era e rapidamente a luz cessou,ela voltou a dormir eu estava acordada ainda e depois fui ao banheiro e senti uma presença brincando comigo.A minha primeira visão foi a aparição da virgem Maria.Eu não sei oque realmente aconteceu se estou louca ou não,sei que posso ser chamada de louca,mais eu preciso de uma ajuda eu preciso saber oque acontece comigo,será que sou louca ou será que realmente isso é possivel? Oque eu sou?POr favor me ajude estou desesperada.Abraços e obrigada dês de já! (Roberta L)

Anônimo disse...

ola td bem? espero que sim!eu quando criança via muitas pessoas que não conhecia no meu quarto e tinha muito medo,na adolecenscia devido ao fato de eu ingerir bebidas alcoolicas rssas pessoas ficavam ao meu lado me rodeando ao ponto de me incomodar e eu xingar todos eles.certo dia no meu trabalho eu percebi que havia um velho ao lado da minha colega,quando eu falei p/ela a caracteristica dele ela disse que era o avô dela e me mostrou a foto.Enfim ja presenciei outras coisas mas isso me incomoda;nunca falei com ninguém mas os vejo e não gosto.por favor me responda é normal????????

EVA-RN (ZCMC) disse...

Gleyson,

Meu despertar para o espiritismo foi parecido com o seu, e sempre acreditei que se deu como uma espécie de chamado. Acredito que você tem a mediunidade aflorada. Você pode aprender a lidar com ela. Leia o Livro dos Médiuns de Allan Kardec. Se possível procure conversar com uma pessoa espírita de confiança. Um abraço calorose.

EVA-RN (ZCMC) disse...

LETÍCIA, resido em Natal, RN. Fica difícil indicar-lhe um centro em Guarulhos. Procure na lista telefônica o endereço da Federação Espírita. Lá ministram cursos sobre mediunidade que poderão ajudá-la a lidar com esse fenômeno. O Livro dos Médiuns (Alan Kardec)seria uma boa leitura.
Um abraço carinhoso de Eva

EVA-RN (ZCMC) disse...

JUCÉLIA

Acredito que você tem mediunidade aflorada. Leia o Livro dos Médiuns, de Allan Kadec. Acho que a ajudará a compreender a mediunidade e a lidar com ela. Um abração.

EVA-RN (ZCMC) disse...

ROBERTA
Sem nenhuma dúvida você é médium auditivo e visual. Se souber lidar com sua mediunidade, leia o Livro dos Médiuns, de Allan Kardec. Se possível, procure um centro espírita para fazer algum curso sobre mediunidade, para aprender a lidar com isso. Um abraço grande.

EVA-RN (ZCMC) disse...

ANÔNIMO
Você é médium sim. Seria interessante que lesse sobre o assunto, para que possa lidar bem com a sua mediunidade. Um abraço.

Erik disse...

Eu gostaria de saber se ouvir passos atras de mim sem haver pessoa alguma a minha volta,ouvir sussurros,ver vultos,ter sonhos de coisas que vão acontecer(mesmo quando os sonhos não são tão completos) e quando estou olhando para alguma pessoa que tive um sonho aparece repentinamente uma rachadura,como se foce uma foto rasgada é mediunidade ou não?

Lennon Slama disse...

Olá, me chamo Lennon.
Gostaria de saber o que o espiritismo de Alan Kardek pensa sobre as religiões com mesclagem afro, principalmente a Umbanda. E o que pensa a respeito da biblía. Não acreditar na bíblia me impediria de ser espirita?
Desde já agradeço e gostei muito do blog.
Boa Noite, grande abraço

EVA-RN disse...

ERIK, pelo seu relato acerca do que ouve, ver e prevê, acredito que seja médium. Para esclarecer suas dúvidas, procure ler O Livro dos Médiuns , de Allan Kardek. Um abraço fraterno.

EVA-RN disse...

LENNON SLAMA
O Espiritismo tem profundo respeito pelas religiões, mesmo as não cristãs. Isto porque acredita que cada pessoa, de acordo com seu estágio de evolução, procura este ou aquele credo religioso. A Umbanda é mais antiga que as religiões cristãs.
O Espiritismo é uma doutrina cristã, como tal adota o Novo Testamento, ou seja: O Evangelho. Todavia usa "O Evangelho Segundo o Espiritismo. O Antigo Testamento não é levado em consideração, porque não crer na teoria do Criacionismo: Adão, Eva, e outras interpretações acerca da criação do mundo e do homem. Para melhores informações, procure ler a Codificação Kardecista: quatro livros que falam sobre os fundamentos do Espiritismo. Aqui para nós, eu não acredito no Antigo Testamento, embora o considere uma bela mitologia, um livro poético. Um abraço.

Luciana Artuzo Delfino disse...

oi,meu nome é luciana,tenho 23 anos, desde pequena sinto um arrepio muito forte na espinha,logo apos meu corpo paralisa e não consigo me mover,não ouço vozes,nem vejo espiritos,mas se estou muito emocionada,seja por alegria ou tristeza,consigo sentir presença de algo(espirito),geralmente essas sençaçoes são de muito agonia e tristeza,e fazem com que eu mude de humor repentinamente.Não sou de nenhuma religiao,e estes acontecimentos estão mais frenquente a aproximadamente 6 meses,Sei que estou mais sensivel,pois apos 5 anos de casada meu esposo faleceu,Gostaria de saber se sou mediun e queria saber se estudando e aprendendo a lidar com essa possivel mediunidade conseguiria de alguma forma um contato com meu esposo falecido?
Desde ja agradeço a atenção.

Brenda Fantini disse...

Oi.gostaria muito se vc me ajudasse.
Sinto que alguma coisa esta perto de mim as vezes me sinto bem com isso mais em outras me sinto fraca xoro sem saber porque estou xorando.tambem tenho sonhos que acontecem um tempo depois.e sinto uma dor horrivel na cabeça como se tivesse um peso que eu não consigo segurar isso tambem acontece na coluna.via gente mota com sangue ou sem algum menbro do corpo quando era pequena,e crianças me chamando quando eu estava na cama elas falavam para ir brincar com elas e chavam a puxaar meu cobertor e tambem outras pessoas mas nao feias pessoas lindas sem defeito nenhum, ja fui no centro umbanda la me senti muito feliz e foi uma pessoa colocou a mao no meu rosto mas nao forte foi ate delicado como es fosse um caarinho e a pessoa depois voi desena mao ate meu queixo quando abri os olhos ele quase caiu para traz e foi para o meio do centro.minha vo é umbanda mais nao fala nada para mim queria que vc me audasse.obrigada.

Anônimo disse...

Boa noite, acabei de ler seu blog e aproveito a oportunidade para esclarecer uma inquietação: sinto com certa frequencia um peso logo abaixo do meu ombro direito (COSTAS), como se tivesse uma mão me tocando.Fico inquieta com esta situação, angustiada e até mesmo irritada, dispersa. Obrigada, Mag

Anônimo disse...

Boa tarde,

Sou a Filipa e vivo em Portugal.
Por favor, gostaria de saber o que posso fazer em situações como estas:
Ja senti por tres vezes toques nas costas, ouço barulhos (objectos a estalar), as minhas orelhas, principalmente a dta passa a vida a ferver, tenho quase sempre suores, as minhas maos geladas. Desde que o meu avo faleceu entao, parece que nao tenho ido paz, tenho andado com atitudes de raiva, teho andado com muitos nervos as vezes nem pareço eu. Fui a uma sra que deita certas e ela disse que o espírito do meu avo estava comigo por gostar muito de mim, mas que ele nao estava em paz. A minha vida parece que parou de um dia para o outro, so me apetece chorar. E depois desde que a minha filha nasceu que a minha vizinha que vive por cima de mim não me sai da cabeça e tenho sensações de que ela me observa. Por favor o que faço para estar em paz.

EVA-RN disse...

Luciana, Brenda e Anônimo.

Vocês contaram experiências que apontam para uma mediunidade aflorada. Para compreender bem esse fenômeno espiritual procurem ler o Livro dos Médiuns, de Allan Kardec. Nele encontrará os esclarecimentos que buscam. Um abraço.

Gabriel disse...

Ola sou Gabriel tenho 13 anos e ja vi algumas coisas estranhas...

Agora mesmo enquanto escrevo estou a sentir uma sensação ruim, e parecia ter visto uma pessoa na minha porta mais quando olho não tem ninguem,as vezes escuto alguem chamando meu nome ou falando algo mais quando olho em volta não há ninguem isso acontece algumas vezes não é muitas vezes , a mais ou menos 6 meses eu vi um garoto correndo e gritando meu nome ele entrou em umas arvores eu corri até la para ver mais depois das arvores havia um buraco muito alto nao tinha como ele ir para la, ele corria muito rapido quase eu nao vi ele, todo dia eu sinto sensações ruins e boas como se fosse uma presença, as vezes quando me olho no espelho vejo uma garota escura (nao é negra é como se fosse uma sombra) quando olho para trás ela some, uma ves estava no quarto da minha mãe e vi uma garota perto da parede eu olheie vi ela mais depois fiquei com medo de olhar e quando olhei d enovo nao tinha nada mais lá, as vezes eu sinto vontade de escrever, e as vezes eu fecho os olhos e começo a rabiscar meu carderno sempre sai alguma palavra ou um rosto alegre ou triste, as vezes as palavras tem sentido as vezes nao, e só uma ultima coisa, um dia eu estava na rua já a noite com meu pai e meu irmão brincando com um carrinho de controle remoto, estava sentindo uma sensação boa uma presença, mas era muito forte, quando olhei para um predio(moro em brasilia) vi seres como se fossem sombras, eles andaram até um certo ponto levantaram as mãos e começaram a soltar uma luz dourada , e esta luz me atravessava, eu queria ir até lá estava andando sem perceber porém meu pai me chamou e eu percebi que estava no meio de uma pista (nao movimentada) eu olhei de novo para o predio e as ¨criaturas ¨ ainda estavam la, mas elas sumiram der repente, você poderia me dizer o que é isto se é algo da minha cabeça? ou se eu tenho alguma coisa não sei, acabei de ver nao sei se é porque estou assustado sempre tenho a sensação de ver alguem um ser , vejo mais quando olho de novo para o lugar ela nao está mais lá, e agora este ser esta aparecendo ultimamente, por favor me ajude... Obrigado por ler...

EVA-RN disse...

Gabriel, os sintomas que você relatou apontam para mediunidade. Como você é ainda muito novo, seria interessante que procurasse conversar com alguma pessoa espírita que pudesse orientá-lo. Ler o Livro dos Médiuns e O Livro dos Espíritos poderá ser esclarecedor. Se for procurar um centro espírita, informe-se bem para acertar em um centro sério. Um abraço.

Gabriel disse...

ok, eu tenho um tio espirita e vou falar com ele, eu vou pensar sobre ir a algum centro eu não sei, vou procurar estes livros que me indicou. Obrigado :), hoje eu visite um templo mahukay ou é mahukari nao sie bem o nome você sabe algo sobre eles, é como se fosse uma teoria de vida falam muito sobre uma luz dourada, e sobre Deus também, não é uma religião, qualquer pessoa com qualquer religião pode ir lá.

Anônimo disse...

Oi meu nome é stephany , eu tenho 16 anos quando eu dormia meu pai dizia que eu conversava com ele que falava as coisas sobre que ia acontecer mas quando acordava não si lembrava de nada , tinha sonho de parente que ia morre as vezes tinha visões de vutus branco na minha casa ouvia vozes um dia eu vi o zé pilintra , sou espirita , uma vez consegui se comunicar com um espirito que morreu a 20 anos , ele me conto mtas coisa e me pediu pra mim encontra da filha dele só que não fui atraz ate hoje ele nunca mas veio quando eu morava numa casa de madera ouvia passos em dentro de casa , um dia uma menininha bem bonita pareceu em minha casa pedindo comida quando eu fui entregar a comida ela sumiu , agr eu não sei se sou uma medium vidente !

Carina Ferreira disse...

Oi, Meu nome é Carina, tenho praticamente 16 anos (faltam sete dias).
Há um tempo, desde que eu me entendo por gente, tenho um “problema”, sinto certas aproximações, (como se pessoas chegassem perto de mim), mas eu olho e não tem ninguém. Nunca achei isso um problema que me incomodasse realmente, mas resolvi-me auto observar.
Meus sintomas são:
*Tenho sonhos que acontecem, como um Djavi,
* às vezes eu falo com alguém, que penso ser a minha consciência, mas sei lá, eu me obrigo a responder perguntas para vozes dentro da minha cabeça. Isso acontece muito quando eu estou “sozinha”, por que mesmo que eu me afaste das pessoas que vejo sempre parece que eu estou acompanhada.
Não se isso pode significar alguma coisa, porque eu nunca vi espirito algum, já vi vultos! Mas nada tão complexo e comparável a uma pessoa. Essas características me levaram a querer contar isso a alguém.
Ps : Não sou do tipo de garota que sai mentindo em blogs alheios , por isso posso te jurar a ocorrência desses fatos !.
Obrigada.

Anônimo disse...

olá! tenho 41 anos sempre gostei de espiritismo, mas alguns mes para cá percebi algo estranho,sob as previsõe comecei a reparar mutas coisas tenha acontecido mas ´so acontece quando menos eu espero,tbm sinto quando a espirito por perto, o que devo fazer

Alini disse...

Olá Eva.
Meu nome é Alini tenho 24 anos.
desde pequenas sempre vi vultos e sempre tive bastante medo.
Na minha adolescencia além dos vultos, também via algumas coisas como pessoas que já haviam falecido( mas não como vultos ou silhuetas e sim a pessoa mesmo como se estivesse viva em minha frente andando). Também tive depressão muito forte na minha adolescencia e eu fiquei agressiva em alguns momentos.
Hoje ainda tenho depressão, e tive uma crise muito feia a menos de 1 Mês. Já depois de adulta via coisas, espíritos, coisas demoniacas, e tenho sonhos que acontecem no máximo depois de 2 semanas, não são sonhos claros, mas depois que acontecem sempre me lembro do sonho. As vezes tenho a sensação de ser observada e uma vez não sei o pq eu pedi em oração para que o espírito de uma criança cujo eu conhecia a mãe e a criança desaparecerá, pedi que caso ja não estivesse mais entre nós de alguma forma entrasse em contato comigo e na mesma noite tive um pesadelo, com velas, banheiro sujo sangue e um pedaço de papel, o espírito não aparecia, mas fazia de tudo pra chamar minha atenção e me mostrar o que estava escrito no papel, quando finalmente me deixei levar, pois estava com muito medo (que alias sempre tive muito medo) vi que o nome dele estava quase totalmente escrito no papel. Não sei se foi coisa do meu sobconsciênte, mas todas as vezes em que acordo após um "sonho" sinto calafrios, principalmente nas pernas (coxas). Sempre tenho muito suor nas mãos e meus sonhos que acontecem são constantes. Eu tenho muito medo. Já me falaram pra ir em um centro espírita, mas tenho medo de acabar vendo coisa ou ouvir coisas e ficar com mais medo ainda. Preciso de uma orientação. Saber se isso é coisa da minha cabeça como algumas pessoas próximas a mim que sabem disso já falaram ou se realmente sou médim ou sensitiva.
Se tiver como me passar seu e-mail para conversarmos melhor agradeço, pois entro em desespero com tudo o que me acontece e minha depressão é muito forte, quando estou em crise nem me levantar me levanto direito.
Desde já agradeço e aguardo sua resposta ansiosa, preciso me tranquilizar!

Alini disse...

Olá Eva, meu nome é Alini e tenho 24 anos.
Desde pequenininha sempre vi vultos e quando comentava com alguém na inoscência diziam que eu estava louca.
Na minha adolescencia, além de continuar a ver coisas passei a ter sonhos que sempre aconteciam depois de no máximo 2 semanas (não eram sonhos claros, mas depois que acontecia eu sempre me lembrava do sonho). Também tive depressão, uma depressão bem forte e cheguei até a ficar um pouco agressiva.
Sempre vejo espíritos perfeitamente na minha frente, como se estivessem vivos, mas nunca escuto nada, só sinto muito medo. As vezes quando sonho com espíritos ou coisas demoniacas, ao acordar, sinto calafrios nas pernas e muito medo, ao ponto de perder a voz.
Agora já depois de adulta, continuo tendo essas coisas, depressão, suor nas mãos, sonhos que acontecem, sensação de estar sendo observada, muito medo noturno, e os vultos que as vezes aparecem perfeitamente e consigo destinguir, se é criança, homem, mulher ou apenas um vulto preto que passa rapidamente. Também já senti presenças e cheiro de flor do nada. Preciso de ajuda pois entro em desespero quando tudo isso acontece comigo. Já me falaram para procurar um centro espírita, mas tenho muito medo do que eu possa ver ou ouvir e final não sei o que realmente se passa comigo. Se realmente tenho alguma sensibilidade ou se é apenas coisa da minha cabeça. Toda minha família sempre contou histórias parecidas com as minhas de coisas que aconteceram com elas. Hoje contei apenas um resumo de tudo. Mas gostaria de poder conversar com você talvez por e-mail, para que pudesse me esclarecer melhor e se possível ajudar a entender e aceitar ou mandar tudo isso que me atormenta tanto embora.

desde já agradeço e aguardo ansiosa sua resposta.

beijos Alini.

Anônimo disse...

Olá,gostei de seu blog,gostaria de perguntar,assim,apesar de eu frequentar centro espirita,por causa de minha mãe,eu sou adepto e acredito no camdomblé,e as vezes,quando coloco minhas guias (colares) ou escuto musicas relacionadas aos orixás muitas vezes eu começo a ter um grande suor em minhas mãos e pés,mas principalmente nas mãos e uma grande vontade de falar sobre o camdomblé,e quando desligo a musica ou tiro o colar,essa vontade passa e a suadeira tambem,ja pedi para sonhar se sou médium,sonhei e tive a resposta que sim,isso tudo podem ser sintomas que sou médium ou apenas algo psicolódico??

Obrigado,beijos

Estrela rosa disse...

olá,
gostaria de saber se tenho dom para paranormalidade e como desenvolver esse dom.
Eu nasci em 1982, e desde de criança tenho sensações estranhas, eu escuto dentro do meu célebro que a pessoas vai morrer, e elas morrem,
eu sonho com os acidentes antes de acontecer, e são com pressoas proximas e não próximas, quando criança eu via e conversava com
pessoas q só eu via, me sinto muito mal em alguns lugares, até de faltar o ar e só melhorar quando sair, eu já me comuniquei com algo na televisão, eu perguntava
as coisas e respondia usando a televisão,ela ligava e desligava sozinha, aumenta o volume até o maximo e diminuia sozinha, de trocava e canais a medida que perguntava, mas tive medo
e desfiz da televisão, as vezes parece que consigo sentir o que os outros estão pensando quando as vejo, os pensamentos gritam dentro de mim sobre o que a pessoa é e faz. eu sinto
uma ligação muito forte com o mar, parece me chamar, ou chamar minha atenção, quando vejo ou penso no mar, meu coração dispara e tenho vontade de chorar e uma sensação de paz
ao mesmo tempo, não sei explicar bem, eu tenho premoniçoes e sonhos, as vezes sonho algo q parece ter acontecido de verdade na noite, já senti varias vezes algo gelado vindo sobre mim e meu corpo foi gelando dos pés e subindo até que senti todo meu corpo gelado e uma presença horrivel estava sobre mim e tirou toda minha forças, eu queria correr não conseguia queria tirar aquli de cima de mim e não tinha força, aí eu sintia as mãos daquela coisa apertando meu perçoco e me sufocava e ela queria me matar, o único jeito de tirar aquli de cima de mim era clamando o sangue de cristo no meu pensamento até conseguir fazer minha língua funcionar e pronunciar "sangue de cristo tem poder sobre você" e aquilo se afastava, isso aconteceu várias vezes quando fiquei noiva do meu ex marido, e eu fiz campanha de oração na igreja e passou, só voltou a me atacar a noite novamente quando estava gravida da minha filha, em uma das noites aquli sentou na minha barriga e eu sentia meu bebê lutando pra viver no meu ventre e eu não podia fazer nada porque aquilo me deixava imovel, sem força e sem poder falar, e só saiu de cima da minha barriga quando comecei a pensar no sangue de cristo e a lingua funcionou e eu conseguia gritar bem alto " o sangue de cristo tem pode sobre você", depois q aconteceu isso, fiz várias campanhas de oração na igreja e jejum aí nunca mais até hoje isso voltou a ocorrer comigo, a ultima vez q vi esse espirito ele se apresentou pra mim em sonho e me disse que ia fazer de tudo pra acabar com meu casamento, e o pior q ele conseguiu, o meu casamento acabou, depois nunca mais tive contato com essa coisa má. hje em dia "ACORDADA EU JÁ SENTI TOQUE DE UMA MÃO NA CAMA ONDE DORMIA, mas era presença boa, não queria me fazer mal, eu senti isso na minha mente" e as vezes eu sonho e acordo com sensação de q não fora sonho, acordo cansada quase
todos os dias parecendo que corri uma maratona, eu converso com minha mente dentro do meu proprio celébro, ela me dar concelhos bons, incentivos, me ajudar tomar decisões importantes e teno facilidade
de conseguir tudo o que eu quero, as coisas simplismente acontece, como se atraisse isso.

Anônimo disse...

Boa tarde Eva, desde de criança tenho a sensaçao de sentir energias em pessoas e lugares, mas nao sei se sou medium, tenho muita curiosidades, sera que poderia mne ajudar.
Obrgado

daiane disse...

oi eva tudo bem eu tenho 28 anos e commais oumenos 20 eu comecei a ouvir recados que pessoas mortas me traziam certa vez um espirito mandou eu ir falar pra uma pessoa que ele iria morrer no dia seguinte a pessoa morreu outra vez um me mandou falar pra uma amiga que ela iria receber um bilhete dizendo que o namorado dela não era fiel ela recebeu outra vez eu fiz uma escursão para a praia entre amigos e na volta sumiu o celular de um deles então eu brincando chamei qualquer espirito para me falar quem foi e ele falou o dono do celular pressionou a pessoa e ela entregou o celular com tudo isso eu passei a começar ter medo e achar que eu estava louca e os espiritos começaram a aparecer com maior intensidade então eu parei de dar os recados passarañ-se 7 anos eu comecei a ter sindrome do panico tinha medo de tudo e não confiava em ninguem e ainda não confio hoje vejo espiritos mas procuro não querer ouvir em compensação minha vida está desiquilibrada pois me sinto sem rumo fui em um centro espirita e pelo que percebi eles nos educam sim mais para receber espiritos bons eu gostaria de saber se tem consequencia e quais são. talves vc nem leia esse comentario pois todas as vezes que tento postar um comentario algo impede

daiane disse...

oi eva tudo bem eu tenho 28 anos e commais oumenos 20 eu comecei a ouvir recados que pessoas mortas me traziam certa vez um espirito mandou eu ir falar pra uma pessoa que ele iria morrer no dia seguinte a pessoa morreu outra vez um me mandou falar pra uma amiga que ela iria receber um bilhete dizendo que o namorado dela não era fiel ela recebeu outra vez eu fiz uma escursão para a praia entre amigos e na volta sumiu o celular de um deles então eu brincando chamei qualquer espirito para me falar quem foi e ele falou o dono do celular pressionou a pessoa e ela entregou o celular com tudo isso eu passei a começar ter medo e achar que eu estava louca e os espiritos começaram a aparecer com maior intensidade então eu parei de dar os recados passarañ-se 7 anos eu comecei a ter sindrome do panico tinha medo de tudo e não confiava em ninguem e ainda não confio hoje vejo espiritos mas procuro não querer ouvir em compensação minha vida está desiquilibrada pois me sinto sem rumo fui em um centro espirita e pelo que percebi eles nos educam sim mais para receber espiritos bons eu gostaria de saber se tem consequencia e quais são. talves vc nem leia esse comentario pois todas as vezes que tento postar um comentario algo impede

Sonia Farias disse...

Olá!! Sou Sônia tenho 38 anos e desde os 09 anos tenho sensações estranhas e sonhos diferentes, uns diziam que era o diabo, outros que era macumba rsrsrsrs . No começo tive medo e com o tempo o medo aumentou muito mais. Quando estava com 22 anos perdi o meu pai (faleceu) e depois disso comecei a ter impressão de vultos de chamados. Quando fiz 25 anos entrei em depressão tive vontade de morrer (suicidar-me), procurei um psiquiatra e uma psicóloga, a psicóloga me dizia que era coisa do meu inconsciente que não tinha nada de mediunidade, mas de nada adiantou, ainda faço tratamento, pois tenho insônia, tenho fobias, como lugares aglomerados, medo do mar, medo do elevador, da escada rolante, entre outros, acordo no meio da noite com sudorese. Há 5 meses tive mais uma crise forte de depressão, fiquei mais de 60 dias sem me alimentar, só fiquei com café e água, tudo que era sólido eu vomitava, fui ao médico, estou tomando medicamentos para insônia, ansiedade e fibromialgia, mas dessa vez procurei ajuda espiritual, estou frequentando um Centro de Umbanda, tive uma experiência muito estranha e ao mesmo tempo de alívio, pois tive um desequilíbrio ou equilíbrio (não sei como falar) e me curvei em frente à Entidade, foi como se tivesse uma cortina prateada na minha frente com vários pontos prateados, achei estranho, mas aconchegante, tentava voltar a enxergar, mas não conseguia, quando voltei, comecei a vomitar e desde então voltei a me alimentar e nunca vomitei ao me alimentar. Contínuo no Centro de Umbanda, estou fazendo um trabalho com atendimento de uma senhora que tem sido um ANJO na minha vida, pois tem me dado muito apoio, mas fica vago ninguém me explica nada, porém pede para que eu receba o passe de um único médium, não sei porque, mas respeito e sempre sou atendida pelo caboclo, pelo Baiano, pelo Oriental e preto Velho do mesmo médium(pessoa). Pode haver esse procedimento dentro de um Centro de Umbanda? E quanto ao que senti é normal? Um abraço. Aguardo resposta.

vanessa k disse...

Ola Eva, fiquei um pouco tranquila quando li seu blog referente a nao confiar em tudo que um medio nos diz , pois recentemente fiz uma pergunta para uma famosa sensitiva e a resposta dela me trouxe muita dor e qdo vou no umbanda sempre dizem que tudo ocorrera conforme a vontade de oxala. Bjos

ALDO ROSSI disse...

BOA TARDE,ESTOU ME SENTINDO MUITO SÓ DEPOIS QUE MINHA MÃE FALECEU VITIMA DE CANCER E GOSTARIA MUITO DE SABER S EU PODERIA COMUNICAR-ME COM MINHA MÃE,SE POSSIVEL QUERIA MUITO TIRAR MUITAS DUVIDAS,SEM MAIS OBRIGADO.

Carina Ferreira disse...

??

Unknown disse...

oi meu nome é Angélica Mattos, eu vejo vultos, pessoas que em um piscar de olhos desaparecem, tenho pre-sentimentos em relação a algumas pessoas, eu seria medium?? obrigada pela atenção..

Anônimo disse...

ola, chamo me alexandra , sou portuguesa, desde criança q sentia mto "coisas estranhas" medos , q me agarravam (principalmente qd subia do 1 andar para o segundo andar da casa dos meus pais a noite ) , Hoje com 38 anos já nao tenho medos, tudo faz sentido. Nos meus sonhos vejo situacoes q acontecem , mto flagrante foi a morte por suicidio do meu avo a 2 anos atras, sonhei 3 dias antes com esse aviso, Era uma janela q se abria e um homem novo q nunca havia visto dizia: teu avo morreu. Qd acordei contei a minha filha , q ja esta habituada 'as minhas doidices' , e no dia seguinte nao consegui evitar de contar ao meu namorado. ao 3 dia ele morreu, nao estava doente , nada . No funeral reconheci o homem do meu sonho q me avisava; era o padre ! desde entao os sonhos sao mto certeiros , mto nitidos ,O ultimo foi visualizar um carro vermelho a ultrapassar me e a ter um grande acidente , Passado uns 5 dias estava num bar c minha filha , e fez se luz. disse lhe ; o acidente , o carro e de tal pessoa , q se encontrava nesse bar , e é hoje. Obriguei o a nao me ultrapassar e fomos escoltar essa pessoa a casa, Eu nao sabia onde ele morava , mas todos os caminhos q andamos eram a replica do q vi no sonho. Claro q nao pude ter certeza q evitei algo , pois ao contar , nada aconteceu. Essa pessoa disse me q consultou um espirita q lhe confirmou q ele ia ter mesmo um grande acidente naquele dia.
Sou medium?
Tenho o livro dos espiritos , irei comecar a ler hoje mesmo.
mta luz mto amor..

Samantha disse...

Boa noite! Gostei do blog me pareceu bem sério. Tenho problemas com mediunidade e gostaria que me ajudasse a lidar com isso, para falar-lhe a verdade eu num quero mais ouvi, ver ou sentir. Tento me afastar de tudo relacionado à eles, hoje eu não ouço e nem vejo tanto mas se eu começar a frequentar igrejas, cemitérios ou só mesmo falar sobre o assunto tudo volta. Eu sinto medo. Pois algumas as vezes eles me fizeram saber que a morte ia chegar para alguns de meus amigos e parentes. E eu num pude fazer nada, a sensação é horrivel. O que posso fazer não tw-los por perto?

Anônimo disse...

oi eva sou renata frequento centro espirita mas agora a mae de santo disse que minhas entidades querem trabalhar isso me assustou um pouco mas eu ate gosto da ideia so que nao sei o que fazer tenho estudado mt sobre o assunto mas nao sei o q pensar,

fabricio disse...

oi tenho 18anos e quando menor via coisas,ouvia,agora eu sinto augumas coisas como se auguem tivesse perto de mim,mas eu queria entender poque tudo que envolve espiritos me atrai muito sera que eu devo ir em um centro espirita,sera que eles podem me ajudar?

Sesshoumaru Sama disse...

Olá, Gostaria de compartilhar como é ser assim, eu desde de criança, desde que tenho consciência que existo via coisas diferentes de outras pessoas, eu inicialmente não era perturbado, depois as coisas pioraram eu via tanto coisas ''boas'' quanto ruim, porém as ruins eram com maior frequência, figuras sem rosto, escuras sempre estavam a minha volta ou me esperando em algum cômodo da casa, Lembro que minha ficava desesperada com minhas reações, com meu medo, eu olhava onde ela não via nada, e fugia do nada, Quantas vezes ela não pediu para orarem na casa, ou na minha cabeça por isso, Da mesma forma eu via outras coisas tais como: Uma luz dourada ao redor de algumas pessoas, alguns com mais força, outras com menos, algumas com quase nada, isso em alguns momentos, como se fosse ativado em ocasiões, Minha mãe só ficou mais tranquila quando um pastor disse á ela que isso era um dom dado por deus, que não era loucura, mas que eu estava sendo sim afetado negativamente. . . Lembro-me que quando essas sombras, me tocavam eu sentia um frio tremendo um calafrio que ia ate a ponta dos pés, era terrível, e as vezes eu fugia, as vezes era impossível pois eu era pego de surpresa. tive medo por muito tempo nessa época, depois que acontecia com tanta frequencia quase todos os dias, passei a aguentar sem ter que clamar por alguém, e parei de temer, com o tempo diminuiu significativamente, alguns eventos posteriores podem ter ajudado, Hoje com 21 anos, Não costumo mais ver, apenas sinto presenças, ou em momentos isolados vejo algo, que é sinal forte de coisa ruim ao redor de onde eu estiver...

Anônimo disse...

Bom dia... Eva meu nome é Regiani A Oliveira tenho 24 anos, desde os 5 anos é que acontece alguns fatos comigo, tenho pressentimentos, sonhos e geralmente quando alguem proximo a mim ou que eu conheça vai morrer ou sofrer algo eu sempre sei, porem nunca consigo saber que é, em alguns caso em sonhos consigo ver até como vai acontecer, o que me machuca muito por que sabia que iria acontecer mas não pude evitar. a ultima vez que aconteceu foi com meu avo uma semama antes soube o que iria acontecer mas tudo levava a crer que seria com uma amiga que estava com sua avo doente iria passar por uma cirurgia, mas não foi... me senti tão idiota pois logo em seguida meu avo teve um avc e alguns dias depois ele faleceu. Não consigo achar ninguém que me compreenda as vezes penso que vou enlouquecer. Por favor sabe como me ajudar ou quem possa me ajudar, minhas previsões sempre são relacionadas a morte gostaria de prever coisas boas ou parar de prever. Obrigada.

Anônimo disse...

Eii, meu nome é lara e tenho 16 anos, sempre tenho sonhos q se concretizam n da forma q eu sonhei mas sao bem parecidos,tenho calafrios e as vezes sinto presença de algo, tenho muitos precentimentos q tb se concretizam sera q sou medium, se sou, qual tipo ? obrigada.

Anônimo disse...

Meu nome eh gustavi e tenho duas perguntas: Qual quer um pode ser medium? Um medium pode deixar de ser medium?

anita disse...

ola, desde pequena sinto quando alguma coisa vai acontecer de bom oou de mau. sinto que ouco coisas e os meus sonhos alguns se tormam realizade, não sei o que se passa. alguém me pode dizer ????????

Anônimo disse...

Mto bom adorei!!!"""
Axo q sou mediun.

Mirian Miih disse...

Olá . Eu não sei se sou médium , mas desde que me lembro , vejo espíritos em sonhos e ia em lugares no qual eles me levavam.Hoje tenho 19 anos e isso aumentou de um jeito que eu não sei controlar . Eu ouço vozes e conversso com espíritos bons e ruins , quando alguém tem má intenssao comigo sempre aparece uma cobra em sonho e me fala mostra oque esta acontecendo que eu não sei , e dai eu tomo cuidado . So que a pouco tempo sinto ela na minha perna e ouvi sua voz me dando um aviso ainda acordada . Conversso com um homem que também sempre me diz oque esta acontecendo e me responde certas coisas qmdo outro lado, como eu mesma já perguntei a ele sobre meu pai que já se foi , so que ele não é totalmente do bem , as vezes vejo anjos que converssam comigo e falam coisas que muita das vezes me assustam . Vou a lugares que eu não conheço e vejo coisas que acontecem ou aconteceram com pessoas que eu não conheço,e depois as vejo na rua e não falo nada pois tenho medo de ser vista com outros olhos. Muitas das vezes eles me mostram pessoas que estão vivas como o moço que essa semana me apareceu em sonho e tava apavorado , disse que depois que se foi seguia sua mãe e ela sumiu , e depois me mostrou uma discursão dele com uma mulher , e ao eu acordar quando eu o perguntei oque ele queria , ouvi uma voz dizendo que não consegue ver Ana . Isso me apavorou , ou ate mesmo quando um menino veio e me abraçou comigo ainda acordada , um abraço tão inocente e gostoso e sumiu no mesmo dia vi no cidade alerta sua foto dado como morto pelo padastro com a consciência da mãe que ainda gravida do assacino ajudava o safado . Não sei oque fazer quando isso acontece .So queria poder fechar os olhos e não ver coisas que acontecem de ruim com pessoas e crianças e eu não poder fazer nada , e fico me sentindo,mal por ter visto algo que não é bom . Por favor eu não sei oque fazer e estou perdida , mas tenho conciencia fique me acontece e , muitas as pessoas nem,desconfiam que vejo e ouso coisas alem da normalidade , alem de tudo que vejo sou uma pessoa tranquila e calma que so procura entender melhor oque se passa comigo desde sempre . Aguardo Resposta PfV